Arquivo da categoria: Tecnologia

Armazenamento baseado em SSD ou 100% SSD?

A configuração de I/O (entrada/saída) utilizada por um servidor tem papel extremamente relevante no desempenho final de suas aplicações. Com as opções existentes no mercado atualmente, a escolha do tipo de armazenamento deve ser feita levando em consideração basicamente a quantidade de espaço em disco e o desempenho (iops, mb/s) desejado.

O que é armazenamento 100% SSD?
O armazenamento 100% SSD consiste de estruturas de armazenamento que somente possuem dispositivos/discos do tipo SSD (nenhum disco mecânico). Este é o dispositivo de armazenamento mais rápido do mercado, porém entrega menos espaço em disco.

O que é armazenamento baseado em SSD?
O nome “armazenamento baseado em SSD” tem se tornado frequente no mercado e em alguns casos pode remeter ao usuário a ideia de um storage 100% SSD, o que não é o caso. Armazenamento baseado em SSD se refere a uma tecnologia de armazenamento com SSD Cache. Em alumas configurações e, principalmente, dependendo do tipo de uso, pode atingir desempenho próximo ao 100% SSD (ex: situações em que o buffer é suficiente para atender 100% das solicitações de leitura/escrita). Conheça melhor o SSD cache no link SSD Cache.

ssd_vs_hdd

Quando utilizar SSD Cache e quando utilizar 100% SSD?
Esta é uma questão basicamente de necessidade de armazenamento e custo. Quanto mais espaço em disco necessitar, mais caro será o armazenamento do tipo 100% SSD. Então, em geral, quando se busca o melhor custo/benefício, se a demanda de disco for baixa, os planos 100% SSD são o melhor caminho, de forma a tirar proveito do melhor desempenho de I/O (entrada/saída de disco) existente no mercado. Se a demanda de capacidade de armazenamento for alta, os planos SSD Cache se mostram a melhor opção, entregando uma elevada capacidade de armazenamento com desempenho também satisfatório. Em casos específicos de alta de demanda de armazenamento e de desempenho de I/O elevado, dependendo da aplicação, pode ser vantajoso utilizar uma configuração 100% SSD caso caiba dentro do orçamento disponível.

Quais as opções na VirtuaServer?

A VirtuaServer trabalha tanto com tecnologia SSD cache quanto com 100% SSD. Somente na VirtuaServer há flexibilidade para migração transparente de um tipo de armazenamento para outro, assim, não se preocupe com a escolha inicial, já que poderá alterar o tipo de armazenamento/plano em qualquer momento.

SSD Cache – Conheça esta tecnologia

O SSD e sua Limitação
O SSD chegou ao mercado, há poucos anos, como uma opção muito “mais rápida” aos discos convencionais (mecânicos), porém com um fator limitante para determinados usos: a menor capacidade de armazenamento.

Enquanto os discos mecânicos (convencionais) entregam capacidades de terabytes de dados com facilidade, os SSDs ainda estão bastante distantes disso. Para aplicações que demandam pouco espaço em disco, o SSD costuma atender com perfeição. Para outros casos, o usuário poderia se ver em uma situação bastante limitada ou de alto custo. A tecnologia SSD Cache chega para tentar solucionar esta questão, entregando um desempenho superior e, ao mesmo tempo, mantendo a mesma elevada capacidade de armazenamento dos discos convencionais.

virtuaserver_ssd

O SSD cache em operação
Para entrar em operação, o SSD cache depende de discos mecânicos (HDs SAS ou SATA) e de dispositivos SSD enterprise trabalhando em paralelo. De forma bastante resumida, a tecnologia de SSD cache opera como um buffer (de escrita e/ou leitura) de forma que os dados, ao invés de serem gravados nos “lentos discos mecânicos”, sejam gravados em SSDs e, posteriormente, de forma sequencial nos HDs mecânicos. Já na leitura, a tecnologia determina quais blocos de dados (não sequenciais) são os mais frequentemente lidos e os armazena diretamente no SSD. Estes dados são, então, lidos diretamente do SSD (com todo seu desempenho).

Desempenho
O desempenho desta tecnologia irá depender do tamanho do cache (SSD) e do algoritmo de cache utilizado pela controladora (ex: FIFO, LRU), que é quem determinará quais blocos (dados) estarão acessíveis diretamente no SSD. Caches/SSDs maiores nem sempre resultam em maior desempenho. Contanto que os SSDs tenham capacidade suficiente para atender as demandas frequentes de escrita e leitura, não haverá ganhos na utilização de dispositivos maiores. A VirtuaServer trabalha com a regra de 12% de buffer/cache e o resultado tem sido extremamente satisfatório.
Nossa engenharia acompanha constantemente as estatísticas de utilização (hits/miss) dos armazenamentos com esta tecnologia de forma a estudar e aplicar otimizações/alterações que resultem na melhor performance.

Comparando com outras Tecnologias
Controladoras de servidores, até o momento, se utilizavam de técnica similar, porém utilizando uma memória “própria” (volátil, como a RAM) como buffer, a qual era limitada pelo seu tamanho muito pequeno. Assim, como estamos falando de SSDs com altíssimo desempenho e que hoje (Junho/2014) já são facilmente encontrados com 500GB, em nossos testes, nenhuma outra tecnologia mostrou resultados nem mesmo próximos.

Planos com SSD Cache
A VirtuaServer realiza constantes investimentos em seus servidores e desde 2013 tem migrado, gradativamente, os servidores para a tecnologia SSD Cache (exceção para os planos de hardware dedicado, que tem SSD cache como opcional). Como estamos falando de 6 DataCenters e milhares de servidores, a expectativa de conclusão de atualização completa está para 2014.